Parceria do Programa Ecos tem produção de máscaras e apoio a idosos no Rio de Janeiro

AddToAny buttons

Compartilhe
04 A 05 jun 20
Ex: 8h00 às 18h00
Botão - Tenho Interesse
Esse preenchimento não garante sua
inscrição. É apenas para fins de comunicação,
envio de novidades e informações sobre o
evento.
O trabalho de acolhimento virtual para entretenimento e diálogo foi feito por meio do Trabalho Social com Idosos (TSI), desenvolvido pelo Sesc no Rio e em todo o País
O trabalho de acolhimento virtual para entretenimento e diálogo foi feito por meio do Trabalho Social com Idosos (TSI), desenvolvido pelo Sesc no Rio e em todo o País
Crédito
Divulgação/Sesc

Por conta do isolamento social, medida realizada para combater o avanço da transmissão da Covid-19, muitas pessoas estão sozinhas em suas casas e precisando de cuidado e atenção. Além disso, existe a necessidade de atendimento a disponibilidade de máscaras para proteção e prevenção ao coronavírus. Diante deste cenário, o Ecos – Programa de Sustentabilidade identificou a oportunidade de realizar um projeto piloto de voluntariado por meio de parceria com projetos do Serviço Social do Comércio (Sesc), do Rio de Janeiro. Em tempos de pandemia o Sesc-RJ constatou a emergência da solidariedade. “Percebemos que podemos ajudar ao próximo doando o nosso tempo”, afirma Regina Pinho, Diretora Regional do Sesc-RJ.

A ação do Sesc-RJ junto à Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) reforça o despertar dessa consciência, com apoio tanto para os idosos quanto para as comunidades que precisam se proteger com as máscaras. “Essa ação beneficia a todos nós e só aumenta o orgulho do Programa Assistência do Sesc-RJ em realizar e receber o apoio dos parceiros da CNC”, afirma Pinho.

No período de 28 de abril a 17 de maio, foi realizado o voluntariado por parte dos colaboradores da CNC, no Rio de Janeiro, para produção de máscaras em tecido e acolhimento de idosos, que frequentam as unidades do Sesc-RJ e não têm acesso à internet ou facilidade para acessar recursos de dispositivos móveis e eletrônicos. A ação se relaciona ao objetivo do Ecos nº VIII, que visa estimular ações que promovam a paz social e a solidariedade.

Voluntariado que ajuda a salvar vidas

Mariane Camilo participou como voluntária da CNC na produção de máscaras. Segundo ela, o que mais a estimulou foi o fato de elas serem encaminhadas para doação. “Sou adepta de ações desse tipo. Além disso, produzir as máscaras foi uma forma de ocupar minha mente de uma maneira diferente. Estava precisando disso nesta quarentena. Sinto um prazer imenso em poder contribuir”, disse.

As máscaras caseiras de tecido produzidas por diversos voluntários que já faziam parte do projeto do Sesc-RJ chegaram a 50 mil unidades e foram doadas a instituições e hospitais com o objetivo de ampliar a proteção da população e profissionais expostos.

A proposta do acolhimento virtual para entretenimento e diálogo com o idoso vinculou-se à iniciativa do Sesc chamada Trabalho Social com Idosos (TSI).  O principal objetivo foi proporcionar ao idoso que frequenta as unidades do Sesc-RJ e está impossibilitado de sair de casa um tempo de bate-papo descontraído, uma conversa amiga e a oportunidade de fazer contato por telefone com outras pessoas para entretenimento.

Outra participante da CNC no projeto de voluntariado para acolhimento do idoso, Marta Soares falou da satisfação de ter participado deste trabalho piloto. “Foi gratificante doar um pouco do meu tempo para pessoas que estavam se sentindo sós. Liguei no Dia das Mães e elas ficaram muito felizes, pois estavam entristecidas, porque não estavam com seus filhos, por causa da pandemia. Foi uma ótima experiência”, comenta Marta.

O projeto piloto contou com a parceria da Gerência Executiva de Saúde e da Gerência Executiva de Recursos Humanos da CNC.