Sessão solene da Câmara dos Deputados homenageia os 74 anos da CNC

AddToAny buttons

Compartilhe
28 A 29 nov 19
Ex: 8h00 às 18h00
Botão - Tenho Interesse
Esse preenchimento não garante sua
inscrição. É apenas para fins de comunicação,
envio de novidades e informações sobre o
evento.
Presidentes das federações do comércio dos estados prestigiaram a solenidade
Presidentes das federações do comércio dos estados prestigiaram a solenidade
Crédito
Paulo Negreiros

27/11/2019

A Confederação Nacional do Comércio de Bens Serviços e Turismo (CNC) foi homenageada, na quarta-feira (27/11), durante sessão solene na Câmara dos Deputados, pelos seus 74 anos de atuação pelo crescimento do Brasil. Com a galeria repleta de alunos do Sesc e do Senac e o plenário prestigiado por presidentes de federações do comércio dos estados, de federações nacionais e parlamentares de todo o País, o presidente José Roberto Tadros exaltou o trabalho realizado pelo Sistema Comércio em favor do Brasil, na busca de um ambiente de negócios adequado ao desenvolvimento, não apenas do setor terciário, mas da economia do País. E destacou as atividades do Senac, na educação profissional e tecnológica; e do Sesc, nacionalmente firmado como agente de transformação social por meio de programas de educação, assistência, saúde, cultura e esportes. 

“O Sistema Comércio é um importante indutor do desenvolvimento no País e se destaca fortemente pela presença de Sesc e de Senac no dia a dia da população brasileira. Além disso, representamos mais de 1.000 sindicatos, reunidos em 34 federações filiadas que defendem legitimamente os interesses de cerca de 5 milhões de empresas”, destacou Tadros.

Ao agradecer a homenagem, o presidente enfatizou que a CNC tem sido um suporte às bandeiras fundamentais à sociedade, como o direito de propriedade, a livre iniciativa e o livre comércio, a economia de mercado, o Estado democrático de direito e as liberdades individuais e coletivas. 

“No momento em que o Brasil caminha para transformações estruturais que mexem com os sistemas econômico, tributário, político e social, é essencial atentarmos para as estruturas que a sociedade civil organizada foi capaz de construir. Somente assim será possível entender o papel de cada ator social no fortalecimento das instituições e do futuro”, finalizou Tadros, apontando que o Sesc e o Senac são referências no Brasil pela qualidade dos serviços prestados.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), enviou pronunciamento, enfatizando o potencial institucional e de prestação de serviços que a CNC consolidou ao longo dos anos. “As categorias representadas pela Confederação respondem por cerca de 25% do Produto Interno Bruto (PIB), gerando aproximadamente 25,5 milhões de empregos diretos e formais. Já o Sesc e o Senac compõem uma valiosa rede de desenvolvimento social. A criação de um ambiente de negócios que favoreça a geração de emprego e renda é um dos maiores desafios que se impõem hoje ao Parlamento brasileiro. E tal esforço, temos contado com a parceria inestimável de entidades como a CNC, que sempre manteve um diálogo frutífero e construtivo com esta Casa”, reconheceu.

Proponente da sessão, o deputado Alan Rick (DEM-AC) disse que a homenagem a uma das entidades mais importantes do setor terciário do nosso país é justificada pelo papel de agente transformador da economia e da sociedade brasileira, “ao mesmo tempo que a CNC é referência para milhões de empregados e empregadores. Não é uma tarefa simples ou fácil, mas a Confederação está, ao longo de seus 74 anos de serviço prestado a nosso país, gerando riquezas, criando empregos e expandindo as empresas, ou seja, transformando vidas”.

A deputada Luisa Canziani (PTB-PR), presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher, ressaltou a importância do associativismo para a promoção da justiça social no Brasil e destacou as mulheres empresárias e trabalhadoras. “Hoje, o setor terciário é um importante polo gerador de emprego e renda. E o número de mulheres empreendedoras tem crescido mundialmente. Cerca de 30% de todos os negócios privados do mundo são operados ou têm como idealizador uma mulher. Por essa razão, é que rendo hoje homenagem ao sistema confederativo do comércio, que tem se lançado nessa bandeira de defesa das mulheres empreendedoras”, afirmou.

O deputado Laércio Oliveira (PP-SE), que é presidente da Fecomércio de seu estado, ressaltou a excelência na execução dos serviços da Federação-Sesc-Senac, fazendo menção aos alunos presentes. “Hoje é um dia de festa, e meu coração está muito feliz porque a gente encontra aqui homens bravos que operam esse importante sistema de transformação social e moral do nosso país. E ver esse fruto de todo o nosso esforço aqui, nossos alunos, é gratificante. Nós que oferecemos parte da nossa contribuição, do resultado de nossos negócios, para fazer o bem há 74 anos não vamos aceitar qualquer corte para os investimentos na população”, rechaçou.

Também exaltando os jovens presentes na cerimônia, o deputado Darci de Matos (PSD-SC) teceu elogios ao trabalho da CNC. “Saudação aos estudantes que se fazem presentes nesta Casa e traduzem a esperança de um Brasil melhor. A Confederação faz tudo isso acontecer, pois gera, cria e mantém milhões de postos de trabalho relevante e significativo.”

Deputado do Ceará, Ronaldo Martins (Republicanos) destacou o trabalho feito para assegurar as demandas do sindicalismo e do empresariado, “administrando também um dos maiores serviços sociais do País”.

O deputado Átila Lins (PP-AM), conterrâneo do presidente Tadros, falou da grandiosidade do trabalho realizado pelo Sistema CNC-Sesc Senac, enfatizando a presença no Amazonas, no atendimento à população, com eficiência e competência. “Reafirmo meu compromisso no apoio e defesa às atividades desses braços sociais da CNC, que oportunizam qualificação profissional, esporte, cultura e lazer para as comunidades mais distantes, na busca pelo desenvolvimento socioeconômico do Brasil, no atendimento ao povo amazônida. Parabéns CNC pelos 74 anos, e que venham mais outros 74 de plenitude, desenvolvimento e alegrias para nosso país.”

Prestígio – Deputado de 1999 a 2019, Alex Canziani (PTB-PR) fez questão de prestigiar a solenidade em reconhecimento ao trabalho desenvolvido pelo Sistema Comércio no Brasil e, em especial, no seu estado, o Paraná. “Volto a esse plenário, passados 20 anos, para uma das solenidades mais representativas e importantes da sociedade brasileira. Ver esses jovens aqui, com um futuro promissor pela frente, nos anima. Porque a perspectiva de melhoria em ações para juventude, principalmente na formação profissional, passa pelas iniciativas do Sesc e do Senac. Temos acompanhado, ao longo dos anos, o trabalho fantástico que esses atores sociais realizam sob a condução da CNC. E quero dizer que a Confederação do Comércio continue com essa determinação para desenvolver o nosso país. Porque o capital mais importante que o País tem, que uma cidade, em estado tem, chama-se gente. Essa gente de qualidade que vai fazer com que o Brasil possa se viabilizar cada vez mais um país de oportunidades”, exaltou Canziani.