Mesa Brasil Sesc AL arrecada 36 toneladas de alimentos em um mês

AddToAny buttons

Compartilhe
09 A 10 set 20
Ex: 8h00 às 18h00
Botão - Tenho Interesse
Esse preenchimento não garante sua
inscrição. É apenas para fins de comunicação,
envio de novidades e informações sobre o
evento.
Os alimentos arrecadados foram doados para alimentos que foram doados para 131 instituições sociais em Maceió e municípios.
Crédito
Sesc-AL

Em agosto, o Mesa Brasil Sesc AL arrecadou 36 toneladas de alimentos que foram doados para 131 instituições sociais em Maceió, Arapiraca e mais 15 municípios. Durante a pandemia da Covid-19, houve o aumento do número de desemprego e muitas pessoas ficaram sem renda. Assim, a demanda nas instituições cadastradas cresceu e evidenciou, ainda mais, a atuação do programa. No mês passado, o Mesa Brasil contou com as doações de 135 parceiros.

O programa funciona como um elo entre as organizações sociais cadastradas e empresários, feirantes, distribuidores, panificadores, pessoas físicas, entre outros, que possuem alimentos excedentes ou simplesmente que ajudam por se identificar com a proposta do Mesa Brasil.

As instituições beneficiadas, que têm trabalho social em comunidades carentes, são divididas em dois grupos: sistemáticas e eventuais. As primeiras recebem alimentos frequentemente. Enquanto as eventuais recebem sem periodicidade definida.

A analista em nutrição do Sesc, Fernanda Alencar, explica sobre a situação das entidades durante a pandemia, “As instituições assistidas relataram que aumentou o nível de necessidade das famílias. A vulnerabilidade, que já existia, piorou e tende a aumentar. Por causa disso, as doações são de grande importância”, ressalta.

Ações educativas

Além de atuar com viés nutricional, o Mesa Brasil Sesc desenvolve ações educativas, como oficinas e palestras. Em Alagoas, anualmente, o programa desenvolve o calendário de reuniões, com as instituições sistemáticas e eventuais, a fim de desenvolver atividades educativas. Com isso, potencializa as ações das entidades participantes em suas comunidades.

Por causa das medidas de proteção contra a Covid-19, as reuniões foram suspensas. O programa se aliou a tecnologia para realizar lives e manter o contato com o público. Entre os temas abordados, “Alimentação como direito, uma perspectiva social e jurídica” e “Higienização dos alimentos”, entre outros.

O Instituto Junte-se a Nós, uma das 91 instituições assistidas pelo Mesa Brasil em Maceió, no bairro da Levada, atua com aulas de reforço para crianças, cursos profissionalizantes para as mães, corte de cabelo, entre outras iniciativas.

Além disso, fornece cestas básicas, lanches, almoço, materiais de higiene pessoal, limpeza e enxovais para as gestantes. “O Mesa Brasil é de extrema importância, pois devido a pandemia, muitos pais perderam suas rendas e não têm como trabalhar porque a maioria trabalhava com reciclagem”, relata a presidente do instituto, Jeane Cavalcante.     

Interior

O programa distribuiu doações para 40 instituições sociais no interior do Estado. A Associação dos Aposentados, Pensionistas e Idosos de Arapiraca (AAPIAR), uma das instituições atendidas pelo Mesa Brasil, desenvolve atividades para o público na terceira idade com o objetivo de aumentar a autoestima e autonomia dos idosos.

A presidente da associação, Lurdes Carvalho, explica que a entidade conta com parceiros e voluntário. “Os idosos, muitas vezes, são provedores da família e o dinheiro que recebem não é o suficiente para pagar as contas. O Mesa Brasil contribui para que eles tenham uma alimentação balanceada que é tão importante, principalmente, na terceira idade”, comenta.

O programa recebe doações de alimentos, produtos de higiene pessoal, material de limpeza, roupas, toalhas, lençóis, utensílios, material escolar, entre outros.

Mais informações no site do Sesc-AL.