Turismo: Cenários em Debate - Desafios da Aviação Civil e Caminhos para o Turismo Esportivo

Turismo como ferramenta de desenvolvimento

O Conselho Empresarial de Turismo e Hospitalidade (Cetur) atua de forma sinérgica, congregando instituições de caráter associativo que reúnem os principais segmentos da cadeia produtiva do turismo, como agências de viagens, organização de eventos, locação de carros, cruzeiros e parques temáticos, entre tantos outros. Com o abrigo da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), as entidades têm apoio para conduzir demandas e debater questões que impactam o setor produtivo.

Os seminários promovidos pelo Cetur, com foco no turismo esportivo e na aviação, trazem luz para as dificuldades e os desafios de crescimento desses mercados no País. Esta publicação tem a função de compartilhar os debates realizados, ao longo de 2017, sobre esses temas, além de disponibilizar às autoridades propostas de políticas públicas vindas do trade, que apresentamos como recomendações ao fim desse estudo.

A aviação é um meio de transporte essencial para o turismo, seja de negócios ou a lazer, em um país de dimensões continentais como o Brasil. Para promover o acesso universal ao transporte aéreo no País, ficou evidente a necessidade de garantir um ambiente de negócios mais competitivo. Nesse sentido, há propostas que são recomendações inseridas neste documento, como a de criar um teto (12%) para a cobrança do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre o combustível de aviação; e a de reduzir barreiras à entrada do capital estrangeiro nas empresas aéreas.

Na outra ponta, os eventos esportivos se mostram como oportunidades de ampliar o calendário de eventos das cidades, trazendo um turismo mais qualificado, com maior gasto por tempo de permanência. Depois de o Brasil sediar os maiores eventos esportivos do planeta, descortina-se para o País a possibilidade de utilizar o legado de infraestrutura olímpica e da Copa do Mundo de Futebol para continuar recebendo eventos. Temos no Rio de Janeiro, por exemplo, além do centro de análise de desempenho, todo o equipamento esportivo necessário para trazer etapas de competições sul-americanas das mais variadas modalidades esportivas. Equipamentos que correm o risco de ser sucateados se não forem utilizados.

A publicação também apresenta exemplos de sucesso na promoção turística de aeroportos, destinos e na captação de eventos, além de produtos do turismo esportivo e tecnologias utilizadas na promoção e na operação turística.

O Cetur entrega mais um estudo que colabora para pensar o turismo como uma ferramenta de desenvolvimento econômico e social, apresentando também demandas do trade para a construção de um ambiente mais competitivo e produtivo.

 

Alexandre Sampaio de Abreu

Presidente do Conselho Empresarial de Turismo e Hospitalidade (Cetur)

Comments

0

Os comentários serão moderados, portanto evite o uso de palavras chulas, termos ofensivos ou comunicação vulgar. Se tiver alguma dúvida sobre o tema abordado aqui, use a nossa Área de Atendimento. Talvez a resposta já esteja lá.

Post new comment

The content of this field is kept private and will not be shown publicly.